Moda de rua: Bolsas + lenços

    Antes do blog eu não era muito ligada em tendências de moda. Com o tempo fui prestando atenção em novidades para trazer para vocês e acabei me vendo enfeitando minha bolsa com um lenço – uma tendência que já pegou em Paris e que vira e mexe aparece pela timeline do Pinterest.

    Confesso que adorei a ideia e que os lenços da minha avó estão sumindo da gaveta dela, rs. Olhem só algumas inspirações para usar um lenço na sua bolsa:

Continuar lendo

Anúncios

Sobre o Pottermore

   Já faz tempo que foi lançado o Pottermore e muita gente já conhece e ouviu falar. Mas como eu sou eu, fiz uma conta e usei o Pottermore pela primeira vez em dezembro (2016) – porque se não estiver atrasada, quem sou, não é mesmo?

pottermore_brandphotography_redfeathers_rgb_pm

   Acontece que até onde eu vi, a plataforma/blog para fãs da saga de J.K. Rolling está com novidades. Agora pelo seu perfil no site, você pode descobrir seu patrono e sua casa de Ilvermorny – a escola de magia e bruxaria dos Estados Unidos, que é mencionada no filme do mesmo universo de Harry Potter, “Animais Fantásticos e Onde Habitam” (um tipo de spin-off que eu comentei neste post aqui).

Continuar lendo

Adeus ano velho, feliz ano novo

   Hoje é o último dia de ano e eu não poderia deixar de passar por aqui e dar um alô. 2016 foi um ano incrível – no sentido de realmente não dar para acreditar. Muita coisas boas aconteceram esse ano, mas muitas coisas ruins também. Deixando de lado as coisas ruins, algo que gostei muito de fazer em 2016 foi “cuidar” desse blog; posso dizer que descobri uma nova terapia.

    Faz 25 dias hoje que eu fiz minha última postagem. Eu tinha desanimado um pouco do blog. Antes de ontem eu recebi uma notificação de que havia tido um “pico” de visitas e visualizações aqui no Chá de Rosas Azuis. Um “pico” que para blogueiras grandes e experientes pode não ser nada: 80, 90, 100 visualizações em um dia. Olhei para as estatísticas e meu coração ficou mais quentinho: haviam pessoas procurando pelo conteúdo que eu produzo. Mais do que números, de vez em quando sou surpreendida por algum colega/amigo/conhecido que comenta “vi tal coisa no seu blog e achei bem legal” – juro que é de encher os meus olhos de lágrimas.

Continuar lendo

Playlist filmes infantis

Trouxe hoje aqui uma playlist que montei com minhas músicas de filmes infantis preferidas, as que marcaram a minha vida e que eu ouço e canto até hoje. Provavelmente que nasceu entre 90/00 vai se identificar bastante com as músicas. Adicionei também à playlist duas músicas do filme Meu Malvado Favorito; quando foi lançado o segundo filme eu já era uma criança de 15 anos, mas mesmo assim conta, vai. Apreciem com carinho essa parte da minha infância que estou dividindo com vocês ❤

Continuar lendo

Metas de leitura 2017

Uma de minhas metas anuais para 2016 era ler mais. Chegando em novembro posso dizer que a meta foi cumprida – com não tanto sucesso quanto eu gostaria, mas foi cumprida.

Duas coisas me motivaram muito a ler neste ano e me deram ideias de leituras interessantes; a primeira foi a rede social Skoob (se você não conhece clique no nome para ser redirecionado para o site), a segunda foi a quantidade de Youtubers que falam sobre livros (alguns chamam de Booktubers) de ótimo conteúdo que eu conheci – entre meus preferidos: Paola Aleksandra do blog/canal Livros e Fuxicos, o canal PeruseProject (em inglês) e a Tatiana Feltrin (clique no nome para ir pro canal).

foto-ilustrativa-divulgacao

Continuar lendo

Minha playlist do momento

    De tempos em tempos acabo mudando o estilo e as músicas que eu ouço. Mas preciso dizer que em novembro de 2016 estou sendo extremamente aleatória. Além de algumas músicas que eu já ouvia ao longo do ano e meus tão amados flashbacks, voltei a gostar de um tipo de pop que eu gostava quando estava na minha pré-adolescência e depois nunca mais ouvi. Também voltei pra minha fase mais “alegre e zoeira” cantando músicas que eu acho divertidas/engraçadas apesar de não achar o melhor conteúdo do mundo ou letras muito inteligentes. ~e você aí de bobeira sem ninguém na geladeira~

quando-a-musica-salva-html

Continuar lendo

Downtown Abbey: A série que roubou meu coração

     Acabei ontem a segunda temporada, mas precisava: PRECISAVA falar sobre essa série. Tudo nela me encanta. O enredo, o figurino, a trilha sonora, os personagens, o cenário e TUDO. Tudo. Assisti à duas temporadas da série em quatro dias (viciei mesmo). Cada episódio tem em média uma hora, mas o tempo passa que eu nem vejo.

     E vim recomendar essa série a você, que gosta de séries de época, que é fã de história, curte romances antigos e sociedades inglesas do começo do século XX, gosta de saber de curiosidades como sobre a vida das pessoas na primeira guerra mundial e outros contextos da época.

Continuar lendo