Sobre “As vantagens de ser invisível”

     Eu amo TU-DO sobre “As vantagens de ser invisível”. Acabei de ler o livro recentemente, mas já tinha visto o filme faz um tempinho. A questão é, eu acho que foi o primeiro livro que eu li que retratou a adolescência e seus conflitos de forma mais próxima da realidade. Não que não seja romantizado, mas eu, que vivi (e talvez ainda viva) minha adolescência no Brasil, culturalmente diferente dos EUA, consegui me identificar com as crises dos personagens, que não se prendem somente no enredo “populares, losers, festas, patricinhas e futebol americano”, mas traz muito sobre a personalidade e a história de cada um.

                  charlei

     Charlie, o protagonista, é um adolescente recém chegado em uma nova escola de ensino médio. Ele tenta lidar com os obstáculos normais que fazem parte de estar numa nova escola sendo um garoto introvertido; ao mesmo tempo lida com crises internas e com fatos recém acontecidos que marcaram a vida do garoto, como o suicídio de seu melhor amigo e a morte de sua tia Helen.

SOBRE O LIVRO

     Eu não saberia resumir melhor do que a própria editora, então, sem risco de dar spoilers, vou usar a sinopse:

“[…]As vantagens de ser invisível reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe – a não ser pelo que ele conta nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela. As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir “infinito” ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário. Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo.” Comentário sobre o livro, feito pela a Editora Rocco.

 

          Além de todo bem escrito e com um enredo cativante, o livro “As vantagens de ser invisível” menciona vários livros e músicas incríveis, que de certa forma contextualizam com o momento vivido por Charlie. Você pode encontrar a lista inteira de citações – incluindo livros e filmes – nesse post, do blog Books Ever.

Playlist do livro:

 

O FILME

     O filme é dirigido e produzido por Stephen Chbosky, o escritor e criador do livro; fato que pode explicar a delicadeza com que o filme é produzido, com cuidado em todos os detalhes, desde o cenário, até a trilha sonora, cenografia, escolha dos atores e o “clima” com o qual são conduzidos os personagens. Apesar de o livro ser um pouco mais detalhado, dando tempo de você se entrosar mais com os personagens, o filme é realmente uma síntese fiel e bem feita.

     Eu particularmente adorei a escolha dos personagens. Charlie é interpretado por Logan Lermam (o Percy, de Percy Jackson e o Ladrão de Raios), Emma Watson (a Hermione de Harry Potter) interpreta Sam, e Ezra Miller (o Kevin, de Precisamos falar sobre o Kevin) interpreta Patrick, irmão de Sam. O filme está disponível na Netflix!

     A trilha sonora do filme é diferente da mencionada no livro, mas capta muito bem o “feeling” da trama o transmite de uma forma muito adequada (mais do que adequada). Você encontra os detalhes e contextos de todas as músicas do filme, e ainda as cenas onde elas são encaixadas neste post. A matéria é do blog Cine Opinativo.

Trilha sonora do filme:

 

As vantagens de ser invisível no SkoobResenha do LivroLivro na SaraivaDVD na Saraiva

Ouçam as músicas, são ótimas! Principalmente se você gosta de Rock dos anos 80/90.

Beijos azuis e com cheirinho de chá

JPEG Logo sem nome

Anúncios

2 comentários sobre “Sobre “As vantagens de ser invisível”

    • Nathalya Dancker disse:

      Obrigada Marina! ❤ Esse é o primeiro comentário que eu recebo aqui no blog e estou muito feliz! Que bom que você gostou 😀 Leia o livro que vale muito a pena mesmo. Eu já olhei seu blog também e adorei, depois vou olhar mais das postagens mais antigas. Beijos :*

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s